.FÓRMULA-1 2010.

04/01/2010

Finalmente foi confirmada o que parecia ser a maior novidade da pré-temporada da F-1 2010: o Heptacampeão voltou!

Michael “Schummi” é o novo piloto da Mercedes, ao lado de Nico Rosberg. A “aposentadoria” do alemão, que se retirou da F-1 mas não conseguia se manter afastado de outras categorias do automobilismo, custará a Mercedes 7 milhões de Euros por ano. Se esse valor é alto, por contra-partida, acho que ninguém duvida que o alemão poderá lutar e quem sabe conseguir mais um título em sua carreira e o primeiro da nova scuderia Mercedes (antiga e surpreendente Brawn GP).

Nico Rosberg parece não estar muito feliz com a contratação. Sua intenção inicial parecia ser que, sendo ele primeiro piloto da equipe, o mínimo que se poderia esperar seria um outro piloto como um fiel escudeiro. Acabou conseguindo um companheiro que está sete vezes acima dela. Ou seja, queria um Barrichello em tempos de Ferrari e ganhou um Schumacher de Mercedes. Em compensação, se as possibilidades de fiasco existirem e o fracasso prevalecer, nada impede que Michael Schumacher tenha em sua carreira seus dias de Ronaldo (o Ronaldo Inhônho, não o fenômeno). Ou seja, pode virar motivo de chacota. Mas a gente sabe que Michael Schumacher nunca entra na pista pra brincadeira.

"Anda na frente até na montanha russa"

Pra esquentar a briga, dois vídeos dos dois pilotos em carro de passeio. Rosberg na nova Mercedes-Bens SLS AMG em Yas Marina em Abu Dhabi e Schumacher na F-430 em Mugello na Itália.

Enquanto isso, com a confirmação de Schumacher na Mercedes e da mais recente contratação, Kubica pela Renault, restam ainda 4 cockpits vagos na Fórmula -1. Isto se a USF1 continuar mesmo, pois há rumores de que isso é incerto. Ao mesmo tempo, também que o canadense Jacques Villeneuve é um dos pilotos cotados para assumir um dos monopostos americanos.

Mas, se a intenção é de 26 carros,  ainda restam dois cockpits na equipe americana, um na Campos e um na Sauber. Até agora, o que se pode confirmar é:

  • Mercedes-Benz (antiga Brawn): Schumacher/Rosberg
  • Red Bull Racing (RBR): Webber/Vettel   
  • McLaren: Hamilton/Button
  • Ferrari: Massa/Alonso
  • Willians: Barrichello/Hulkenberg
  • Renault: Heidfeld/Kubica
  • Force India: Liuzzi/Sutil
  • Scuderia Toro Rosso (STR): Buemi/Alguersuari
  • Campos: Bruno Senna
  • Virgin: Glock/DiGrassi
  • Lotus: Trulli/Kovalainen
  • Sauber: Kobayashi

Algumas considerações: Vettel é o favorito de Bernnie Ecclestone, que tem jogado todas suas fichas nos pilotos mais novos; Nelsinho Piquet (????) e Antônio Pizzonia, fora de todas as listas, ainda têm esperanças de assumir algumas das vagas; e enquanto uns não tem nada, alguns vão disputar o “muito” a tapas: o que dizer de Massa e Alonso disputando na mesma equipe? Alguém lembra de quando eram de equipes diferentes? Nurburgring 2007? Vai ficar quente!

A temporada de 2010 da Fórmula-1 estréia dia 14 de março no Circuito de Sakhir em Bahrein. E tudo promete que vai ser só o tiro inicial de uma temporada com muita pólvora pra estourar.

Publicidade